João Pinheiro: 5 Objeções que todo empresário pinheirense tem na hora de crescer

Quem acompanha o blog e as redes sociais da Agência Publicart está por dentro das ações que estamos fazendo para revitalizar o comercio local e incentivar o empresário Pinheirense a desenvolver os seus empreendimentos para crescimento da cidade.

Com base nisso vou descrever abaixo para vocês 5 objeções típicas que todo empresário pinheirense tem na hora de dar o ponto de partida na busca pelo crescimento.

Se você não leu os outros artigos acesse:

Artigo 1

Artigo 2

1# CRISE

Essa objeção é clássica, a cada 10 empresários pinheirense que a gente conversa 9 tem essa objeção. A crise que afeta o nosso Brasil sem dúvidas como disse em um artigo anterior contribuí para que a cidade tenha receio em buscar crescimento.

O fato é que os empresários estão colocando a crise em um altar e ajoelhando-se diante dela implorando por misericórdia. Apesar de o momento atual brasileiro não ser dos melhores, nenhum consumidor deixou de comprar, eles apenas estão mais exigentes, cabe a você se movimentar para convencê-lo de que o seu produto resolve os problemas dele.

2# FALTA DE DINHEIRO PARA INVESTIMENTO

Canso de ouvir essa objeção. Relacionado ao tópico número um a falta de dinheiro é uma objeção forte que os empresários têm na hora de se movimentar na captação de novos clientes.

Não existe outra forma de crescimento sem investimento, ao menos não que eu saiba. Se você quer atrair mais clientes você precisa de investimento, basta observar o percurso que você fez desde quando teve a ideia de montar o seu próprio negócio até o momento em que a sua ideia e sonho se tornou realidade, o que aconteceu é que você investiu na sua ideia e acredita que ela ajude as pessoas.

Como os clientes estão mais exigentes para tomar uma decisão de compra você precisa investir para saber o que esse cliente precisa, saber qual a objeção que ele tem sobre o seu produto. Os mecanismos digitais possui essa capacidade, basta investir na obtenção desses dados e também na conversão desses visitantes em vendas.

3# CONCORRÊNCIA DESLEAL

Nunca me preocupei com a concorrência no meu negócio, acredito no potencial que temos de desenvolver o nosso serviço e também que o mercado existe para todos, o que diferencia o seu negócio da concorrência é a capacidade que você tem de resolver problemas e fazer vendas recorrentes.

Essa objeção tem sido comum nos diálogos com os empreendedores de João Pinheiro, eles alegam que surgiram milhares de concorrentes e que estes trabalham por preço e não por qualidade. Essa preocupação com certeza incomoda, mas não deve ser o foco do seu negócio.

“Cliente que vem por preço, por preço vai embora”.

Essa frase representa o pensamento que eu tenho sobre se preocupar com a concorrência, você deve ter atenção com o seu negócio, a partir do momento que você se preocupa com o seu concorrente, você começa a perder a atenção e foco no seu próprio negócio acarretando perca de qualidade e consequentemente de clientes.

4# O PINHEIRENSE NÃO VALORIZA AÇÕES MAIS ELABORADAS

Essa objeção realmente me deixa decepcionado, já ouvi isso de vários clientes que alegaram o fato da cidade ser de interior e não dar valor a ações elaboradas para reter clientes.

Isso é mito e precisa ser quebrado, tanto que estou vendo diversas empresas investindo na captura dos nossos consumidores e com ações estrategicamente elaboradas. Sempre bato na tecla de que se você não investe na captura do seu cliente com certeza outra pessoa esta investindo e no nosso caso, empresas de fora investem e levam nossos consumidores para gastar o dinheiro lá fora.

5# MEDO DE CORRER O RISCO

Toda ação ousada para gerar grandes resultados tem o seu risco, alias são nas ações de maior risco que você tem a chance de ganhar mais dinheiro, basta você observar os investimentos. Existem investimentos como poupança que você não corre risco algum, porém o seu rendimento é muito baixo e pouco compensativo. Já investimentos em ações na bolsa, por exemplo, são investimentos altamente arriscados, porém com chances maiores de retorno sob investimento.

Sempre que propomos ações ousadas para os empresários que estão em contato com à agência enfrentamos esse medo de correr o risco. Há poucos dias fizemos uma ação ousada para o cliente Paulinho Sorvetes e Açaí que basicamente consistia em gerar um alto volume de vendas durante a semana que não vendia praticamente nada. A ação necessitou de bastante investimento e com certeza tinha o risco de não dar certo, porém o medo não bloqueou a vontade de ter resultados e foi um sucesso, atraímos mais de 45 pessoas com essa ação e geramos faturamento de uma semana em apenas um dia.

Considerações Finais

Esses são apenas algumas das maiores objeções que o empresário Pinheirense tem na hora de colocar a sua empresa para crescer. Acreditamos que os desenvolvimentos da cidade têm o seu ponto de partida no comércio, pois ele que é responsável por gerar emprego e renda para a cidade.

O momento econômico é um pouco difícil, mas as empresas e negócios que se movimentam estão gerando resultados em faturamento para os seus empreendimentos. Acho que você concorda que é melhor ganhar pouco do que cruzar os braços e não ganhar nada não é mesmo?

Se você gostou do artigo compartilhe e deixe seu comentário, isso nos ajuda, a saber, o que vocês estão achando da serie de conteúdos e também nos deixa por dentro do que devemos abordar nos próximos conteúdos.